Jornal Médico

PesquisarSubscrever NewsletterFacebookTwitter

Agenda de Eventos

segunda, 30 novembro -0001 00:00

Novo portal da saúde tem avaliador de sintomas de doenças

O novo portal do Serviço Nacional de Saúde (SNS 24), apresentado esta quarta-feira, tem um avaliador de sintomas de doenças que, por enquanto, só funciona para a gripe

O portal foi lançado no Centro de Contacto SNS 24, em Lisboa, na presença da ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, e do secretário de Estado adjunto e da Saúde, Francisco Ramos.

O avaliador de sintomas, que apenas funciona para a gripe, dá indicações a um doente ou a um cuidador do que fazer (manter cuidados em casa ou ligar para linha telefónica SNS 24) face aos sintomas assinalados, as variáveis  - como o sexo e a idade do paciente -, o seu histórico de doenças e se tomou ou não a vacina contra a gripe.

Apesar de o portal ter informações em áudio para cegos ou pessoas com dificuldades de visão, o avaliador de sintomas da gripe só pode ser consultado, e os seus diversos campos preenchidos, por quem vê.

Em declarações aos jornalistas, no final da sessão de apresentação, a ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, definiu o portal como um serviço que permite "evitar o Dr. Google", ao aconselhar a "ligar imediatamente" a linha SNS 24 (808 24 24 24) em caso de dúvidas.

 

O portal tem informações sobre diversos temas de saúde, como alimentação, dádivas e transplantes, doenças transmissíveis e vacinação, e indicações do que fazer para, por exemplo, se marcar uma consulta médica, aceder ao boletim de vacinas eletrónico ou pedir a isenção da taxa moderadora.

 

As pessoas com dificuldades auditivas e de fala podem registar-se num 'chat' a partir do qual podem aceder, por conversação escrita, ao serviço de triagem, aconselhamento e encaminhamento do SNS 24 em caso de dúvidas ou suspeita de doença.

 

Henrique Martins, presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, entidade que gere as plataformas informáticas, disse que o avaliador de sintomas vai começar a funcionar com a gripe, mas que sintomas de outras doenças, ainda não definidas, serão colocados no portal "progressivamente, ao longo do ano".

Subscrição da newsletter do Jornal Médico